Fique Diva - 10 truques de meninas que já passaram pela transição capilar

08/01/2019 / Publicado por Marina Couto

10 truques de meninas que já passaram pela transição capilar

Para Jamille Ribeiro, a dica é apostar em cremes com alto poder definição

Para Jamille Ribeiro, a dica é apostar em cremes com alto poder definição

Alternar cremes de tratamento e usar produtos de ação rápida ajudaram Ariel Borges na transição capilar

Alternar cremes de tratamento e usar produtos de ação rápida ajudaram Ariel Borges na transição capilar

Maizena e café foram alguns ingredientes caseiros usados por Nívia Passos para definir os cachos

Maizena e café foram alguns ingredientes caseiros usados por Nívia Passos para definir os cachos

Livia D'Ambrosio não largou a gelatina enquanto esperava os cachinhos crescerem

Livia D'Ambrosio não largou a gelatina enquanto esperava os cachinhos crescerem

Para acelerar a transição capilar, Vitória Quirino investiu nas box braids

Para acelerar a transição capilar, Vitória Quirino investiu nas box braids

A fronha de cetim foi a melhor amiga de Ingrid Quintanilha

A fronha de cetim foi a melhor amiga de Ingrid Quintanilha

Para igualar a textura dos fios, Ana Paula Coelho apostou no combo fitagem e coque

Para igualar a textura dos fios, Ana Paula Coelho apostou no combo fitagem e coque

Muita nutrição e nada de ferramenta de calor na transição capilar de Sabrina Lima

Muita nutrição e nada de ferramenta de calor na transição capilar de Sabrina Lima

Ingred Felix apostou no óleo de coco para cuidar do scab hair

Ingred Felix apostou no óleo de coco para cuidar do scab hair

O ritual do COG, que une creme, óleo e gelatina, me ajudou na transição capilar - e faço até hoje!

O ritual do COG, que une creme, óleo e gelatina, me ajudou na transição capilar - e faço até hoje!

Olá, divas! Eu sou a Marina, repórter do Fique Diva e, assim como muitas de vocês, também passei pela transição capilar. Nesse período, testei vários produtos, técnicas de texturização e penteados diferentes, mas tem sempre aquele truque que a gente fica apegada e que funciona muito no intervalo em que abandonamos a química e esperamos o nosso cabelo natural crescer completamente, não é mesmo? Pois é, e eu não estou sozinha nessa! Confira os segredos e as melhores dicas de quem já passou pela transição capilar!

1 - Cremes mais potentes, com MUITA definição

“Eu cortei logo o cabelo, não tive paciência para esperar! Mas uma coisa que eu fiz foi procurar por cremes de alta definição, para enxergar os meus cachinhos antes mesmo de cortar. Eu amava aplicar o creme bem direitinho para ver o formato do cacho que estava surgindo, que era completamente novo para mim” (Jamille Ribeiro)

2 - Cuidados redobrados com os cabelos

“Na transição, eu acabava cuidando muito mais do cabelo por ser novidade e por querer que ele ficasse forte. Eu costumava alternar cremes de tratamento e, quando a rotina ficou mais puxada com trabalho e faculdade, eu fazia aqueles tratamentos rapidinhos de banho. Ajuda muito! Ainda mais porque eu texturizava as pontas e, quanto mais bem tratado o cabelo estivesse, mais fácil era de modelar” (Ariel Borges)

3 - Receitas caseiras e penteados semipresos

“A hidratação de café, feita com o pó, máscara concentrada e óleo vegetal, deixava meu cabelo superbrilhoso e definido. A hidratação com maizena, por sua vez, ajudava na maciez. Quando as pontas começaram a cachear com mais facilidade, eu usava muitos penteados semipresos, porque a parte da frente era onde ficava mais evidente o liso. Também fui cortando aos poucos, para lidar melhor com o cabelo” (Nívia Passos)

4 - Gelatina para os cachos durarem o dia todo

“Na minha transição, eu adorava usar gelatina capilar, era o único produtinho que ajudava a dar um formato nas minhas pontas que eram bem lisas. Eu dividia o cabelo em 4 partes, fazia fitagem, passava um creme de pentear bem levinho em todo ele e, no final, finalizava com um pouco de gelatina nas pontas, apertando o cabelo de baixo para cima para formar os tão sonhados cachinhos” (Lívia D’Ambrosio)

5 - Box braids na transição capilar

“Meu maior truque para sobreviver na transição capilar foi apostar nos penteados. Sair do óbvio e ter sempre um estilo diferente na manga foi essencial nesse período, até porque as texturizações nunca deram muito certo para mim. Meu cabelo é bem crespo e o histórico de procedimentos químicos era bem longo, então a diferença de texturas foi muito gritante. Descobrir os penteados protetores foi o ponto de partida para que eu conseguisse atravessar toda a transição capilar sem ter a vontade de desistir me assombrando todos os dias. Depois de colocar as box braids, retomei minha confiança e reconstruí minha autoestima aos poucos. E o resultado foi um big chop com apenas seis meses de transição, um black power bem curtinho e muito amor próprio envolvido!” (Vitória Quirino)

6 - Dedoliss e fronha de cetim

“Para finalizar, com os fios ainda úmidos, eu fazia dedoliss nas mechas que estavam mais lisas. Quando meu cabelo estava 90% seco, eu aplicava um gel e amassava bem, o que me ajudava com a definição. A fronha de cetim também foi minha grande aliada, para ter mais day afters. Para cuidar dos fios, hidratação de maizena ou a de beterraba com cenoura” (Ingrid Quintanilha)

7 - Fitagem para cabelos com relaxamento

“Comecei a relaxar o cabelo bem cedo, com cerca de 12 anos de idade. Apesar de não estar com os fios totalmente lisos na época, meu cabelo estava com diversas texturas: ondulado, liso, cacheado... O que me ajudava a disfarçar esse mix era a fitagem e penteados, como o coque” (Ana Paula Coelho)

8 - Nutrição nos fios e nada de ferramentas de calor

“Meu cabelo era curto e não precisei fazer big chop, mas cortava sempre, de dois em dois meses. Também tripliquei os tratamentos caseiros, com tudo o que tivesse óleo e manteiga para nutrir os fios. Comprei muitas máscaras de hidratação e usava no mínimo uma vez por semana. Na finalização, sempre fazia dedoliss em algumas partes para ajudar a definir. E nunca, em hipótese alguma, usava ferramentas de calor - nenhuma mesmo!” (Sabrina Lima)

9 - Óleo de coco, o queridinho!

Meu maior problema na transição era com o day after e o scab hair. Então eu sempre passava óleo de coco depois de lavar, enquanto o cabelo ainda estava úmido, e usava um creme bem consistente para finalizar com dedoliss. Só assim fixava por mais tempo!” (Ingred Felix)

10 - O famoso ritual do COG

Por fim, deixo aqui a minha dica! Como meu cabelo tinha inúmeras texturas (e ainda tem, depois de quase três anos de transição capilar), a minha salvação era fazer o ritual do COG para tentar igualar os cachos . Eu usava creme para pentear em todo o cabelo e, em seguida, aplicava um pouco de óleo e gelatina. Faço isso até hoje!

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram