11/05/2017 / Publicado por Marina Couto

5 técnicas de texturização de cabelo para quem está passando pela transição capilar

Para quem está em transição capilar, as técnicas de texturização ajudam a definir os cachos

O dedoliss modela os cachos e dura bastante, ideal para o day after

Aposte no plopping ao secar suas madeixas quando sair do banho

Para quem tem cabelos curtos, os coquinhos ao redor da cabeça segura os cachos

Os bigudinhos são uma versão mais moderna dos bobes e precisam de um pouco de paciência para manusear

É possível texturizar os cabelos com o papel higiênico e a técnica garante cachos perfeitos

A transição capilar é um período de descobertas e aceitação do cabelo natural. Mas, ao abandonar a química, talvez você não saiba como lidar com os seus fios. Além disso, as madeixas ficam com duas texturas (ou mais!) e é difícil mesmo definir os cachos. Nesse caso, que tal dar uma chance para as técnicas de texturização? O Fique Diva vai te mostrar 5 maneiras fáceis para você sair bela e cacheada por aí!

Dedoliss deixa os cachos definidos sem precisar de nenhum acessório

O creme para pentear já é suficiente para conseguir fazer o dedoliss. A técnica é bem simples: basta enrolar pequenas mechas entre os dedos, moldando os cachinhos. Dependendo do tamanho do seu cabelo, o dedoliss pode demorar, então vale a pena fazer a técnica quando você tiver com tempo livre, combinado?

Se não tiver tanta habilidade, pode usar grampos para te ajudar a separar as mechas. A grande vantagem do dedoliss é que os fios ficam muito definidos, os cachos duram bastante tempo - ideal para o day after - e minimiza o frizz. Mas, se você é do time que gosta de volumão, é melhor testar outros métodos.

Plopping tira a umidade dos fios e mantém a definição dos cachos

Se, ao sair do banho, você secar os cabelos de qualquer jeito, vai notar que eles ficarão arrepiados, cheios de frizz e mais difíceis de definir. Para quem está em transição capilar, então, isso pode detonar as madeixas. Por isso, o plopping é a alternativa mais indicada. Além de tirar toda a umidade dos fios, ele ainda garante que os cachos fiquem no lugar.

Olha como é fácil: retire o excesso de água dos fios com uma toalha de algodão ou microfibra e, em seguida, estique a toalha em uma superfície plana. Depois, jogue todo o seu cabelo em cima dela, de cabeça para baixo e enrole a toalha na cabeça até as madeixas secarem completamente. Se não tiver a toalha, uma camisa de algodão dá o mesmo efeito. Pode confiar que dá certo!

A técnica dos coquinhos é perfeita para quem tem os cabelos curtos

Se você está em transição capilar e tem os cabelos curtos, pode tentar texturizar os fios com coquinhos. Como o nome já sugere, a técnica consiste em pequenos coques ao redor da cabeça, presos com elásticos, que podem variar de acordo com a quantidade dos seus fios.

É fácil de fazer, mas, para que o efeito fique poderoso, é necessário manter os coques presos por oito horas ou mais. Se não for incomodar, você pode dormir com eles e soltá-los no dia seguinte. Além de não danificar as madeixas, você também pode usar os coquinhos como um penteado superestiloso no dia a dia. Que tal?

Os bigudinhos cacheiam as partes do cabelos que ainda estão alisadas

Se você não fez o big chop para tirar toda a química, é provável que ainda tenha fios alisados. Nesse caso, os bigudinhos são a escolha perfeita, já que o acessório cacheia e define as madeixas por inteiro.

O apetrecho lembra muito os antigos bobes que a sua avó usava, mas em uma versão muito mais moderna e colorida. O tamanho vai variar de acordo com o jeito que você quer texturizar os fios, com cachos mais abertos ou mais fechadinhos. Tem que ter paciência para colocar os bigudinhos no lugar, mas, com a prática, você logo pega o jeito.

A texturização com papel higiênico funciona em todos os tipos de fio!

Se você não sabia que é possível conseguir cachos definidos usando apenas um rolo de papel higiênico, então pre-pa-ra: a técnica proporciona muita definição e funciona em todos os tipos de fio, do mais lisos aos mais crespos.

A espessura do rolinho fica a seu critério, se você vai querer cachos bem fechados, estilo boneca, ou ondas mais largas. Dá para fazer a técnica com os cabelos secos ou úmidos e está liberada para dormir com os rolinhos e tirá-los apenas o dia seguinte. Você vai amar o resultado!

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram