facebook instagram twitter youtube
Antes e Depois

Antes e depois: conheça as histórias de transição capilar das nossas divas cacheadas

As divas do sertanejo Maiara e Maraisa repaginaram o visual com Mega Colors, a nova coleção de Cor&Ton. Veja como ficou o resultado!

Matérias relacionadas

Depois da transição capilar, Thayza Reines faz o Big Chop e investe nas box braids para esperar o cabelo crescer: 'Me senti mais livre comigo mesma'
Diva de Cachos: conheça o Ampolão Turbinado especial para transição capilar
Cronograma capilar para cabelos com química: aprenda a tratar os fios depois do alisamento, relaxamento, permanente ou coloração
Transição capilar: 20 penteados e acessórios para você usar depois de fazer o Big Chop, o famoso corte que tira a parte alisada dos cabelos
Big Chop: confira 30 fotos do antes e depois de meninas que optaram pelo BC na transição capilar e arrasaram!
Transição capilar: conheça o Big Chop, corte que elimina toda a química do cabelo
Carmen Lúcia investe nas box braids para não fazer Big Chop durante a transição capilar : 'Quero ver meu black para o alto'
O que é Big Chop? Saiba tudo sobre o corte de cabelo que tira toda a parte alisada dos fios durante a transição capilar
Pâmela Dourado fez seu próprio Big Chop para se livrar da transição capilar e assumir os cachos: 'Liberdade'
Big chop depois de 6 meses de transição capilar? Saiba os motivos para esperar antes de fazer o grande corte

Nossas embaixadoras cacheadas são donas de cabelos poderosos. Mas nem sempre elas foram fãs dos seus fios cacheados e já usaram química para deixá-los lisos e sem volume. Para voltar aos cachos, elas passaram pela transição capilar. Toda aquela história de largar os procedimento químicos, deixar a raiz crescer, lidar com a diferença de texturas, até o momento de cortar o famoso big chop. O Fique Diva reuniu os relatos de algumas delas para inspirar você nessa grande mudança!

Bruna Ramos alisava as madeixas e usava megahair quando era mais nova

Antes de libertar os seus cachos, Bruna Ramos amava fazer escova no cabelo e deixá-los lisos e sem volume. Dona de fios finos, a blogueira tentou fazer um relaxamento e não teve muito sucesso. Para eliminar a química, cortou chanel e passou a usar somente ferramentas de calor.

Depoimento da Bruna Ramos: “Com o tempo, meu cabelo começou a ficar bem ralo e fino nas pontas, devido o excesso de chapinha. Eu tive a brilhante ideia de usar meg hair, para ficar com aquele cabelão de índia: liso, preto, comprido e a queridíssima franjinha. Enfim, tempo foi passando e quando comecei a faculdade, também comecei a ter preguiça de cuidar do cabelo e fui deixando sabe?, Usando coque no cabelo natural que era todo esquisito, sem forma e, com o tempo, ele foi voltando e eu comecei o canal. Foi o canal que me ajudou a entender como cuidar do crespo/cacheado”, contou Bru Ramos.

Camila Vieira: ‘Hoje posso dizer que sou 100% realizada sendo cacheada’

A blogueira Camila Vieira explicou ao FD que, durante sua infância, usava seu cabelo preso, por causa do volume. Ela também contou que já fez todos os alisamentos que se pode imaginar e, que depois de tantas horas dentro do salão, ela percebeu que era hora da sua transição acontecer

Depoimento da Camila Vieira: “Que doideira que foi quando eu fiz meu primeiro corte em casa, na frente do espelho, sozinha. A sensação era de liberdade. Resolvi fazer o Big Chop. Só posso lembrar da melhor sensação que foi sair na rua e sentir um ventinho soprando na nuca. Isso eu nunca vou esquecer. Hoje, após três anos, me sinto realizada com meu cabelo. A transição capilar mudou minha forma de me ver no espelho, alterou minha confiança, mudou meu estilo e a importância que eu dava à opinião das outras pessoas. Hoje posso dizer que sou 100% realizada sendo cacheada”, afirmou Camila.

Luany Cristina, do blog Diva do Black: ‘Vou aprendendo a me amar todos os dias! Pois hoje consigo ver a beleza que realmente habita em mim’

A vontade de Luany de esconder seus cachos começou quando ela ainda criança. Sua mãe relaxava seu cabelo desde que a nossa embaixadora tinha cinco anos. Após inúmeras idas ao salão para fazer a progressivas, a Diva do Black contou que sua ficha caiu após um cabeleireiro maltratá-la falando mal do seu cabelo.

Depoimento da Luany Cristina: “Comecei a procurar na Internet, como que eu fazia para meu cabelo cachear novamente, e foi aí que eu descobri que só cortando. Como tinha pouco tempo que eu havia alisado o cabelo, resolvi passar pela minha transição de tranças jumbo. Depois de três meses com as tranças, eu cortei meu Big Chop. Quem cortou meu cabelo foi meu noivo Anderson Oliveira. No momento do BC, já não me importava com que os outros iriam achar do meu cabelo, eu sei que eu só queria conhecer o meu cabelo e saber qual era sua verdadeira textura, se formava cachinhos ou não, se era crespo ou cacheado… De lá pra cá eu nunca mais alisei e nem relaxei, deixo meu cabelo crescer livremente e a cada mês é uma nova descoberta, um novo formato, uma nova maneira de finalizar. E com isso vou aprendendo a me amar todos os dias! Hoje consigo ver a beleza que realmente habita em mim”, explicou Luany.

Mariana Santos: ‘Eu fiz progressiva umas quatro vezes até que meu cabelo ficou totalmente quebrado, depois disso, resolvi largar da química’

A blogueira Mariana Santos sempre viu suas primas e tias alisando o cabelo e queria ter os fios lisos. Só foi fazer sua primeira progressiva mesmo aos 11 anos.

Depoimento da Mariana Santos: “De primeira não ficou liso. Mas na segunda vez, ficou liso escorrido. Eu fiz progressiva umas 4 vezes até que meu cabelo ficou totalmente quebrado, depois disso, resolvi largar da química. Isso aconteceu quando eu tinha 14 anos. Nesse tempo, eu não sabia fazer nada pra passar pela transição, nem sabia o que era transição capilar. Depois de um ano sofrido, resolvi cortar a química e eu me senti tão bem, me amei tanto já de primeira. Até hoje essa foi a melhor escolha que já fiz na minha vida”, completou Mari.

Mathira Menezes: ‘Depois de quase dois anos de alisamento comecei a perceber que aquele garota de cabelo liso não era eu’

Aos 16 anos, Mathira Menezes alisou seu cabelo pela primeira vez. Depois disso fez relaxamento e progressivas para diminuir o volume e manter as madeixas chapadas.

Depoimento da Mathira Menezes: “Depois de quase dois anos de alisamento, comecei a perceber que aquela garota de cabelo liso não era eu. Não me reconhecia quando me olhava no espelho. Resolvi fazer o BC e eliminar toda parte lisa que restava em meu cabelo. Essa foi a melhor atitude que tomei em minha vida, foi libertador. Faz 4 anos que me livrei da progressiva, que aprendi a me amar de verdade e amar meus cachos”, finalizou Mathira.

Silvia Carter, do blog Cachos Carter: ‘Meu processo de transição começou em 2013, quando meu cabelo começou a cair por conta do excesso da chapinha’

Dona de cachos poderosíssimos, Silvia Carter , do blog Cachos Carter, contou que seu processo começou quando seu cabelo começou a cair por causa do excesso de uso das ferramentas de calor.

Depoimento da Silvia Carter: “Meu processo de transição começou em 2013, quando meu cabelo começou a cair por conta do excesso da chapinha, que deixava ele liso do jeito que eu gostava. Ficava desesperada toda vez que via meu cabelo cair, então decidi abrir mão dessas fontes de calor e voltar ao meu cabelo natural. Eu pesquisava muito sobre transição capilar. Hidratar e cuidar do cabelo foi essencial para que ele crescesse saudável. Eu passei 11 meses na transição. Não foi nada fácil, mas a texturização me ajudava bastante nessa fase. Após esse período, cortei o big chop. Depois disso foi só amor pelo meu cabelo, minha autoestima melhorou muito”, afirmou a dona do Cachos Carter.

Mais matérias : Antes e Depois

Últimas matérias

5 mitos e verdades sobre o crescimento dos fios

Temas relacionados