Fique Diva - Cabelo crespo 4C com luzes: como cuidar dos fios após a descoloração

29/06/2018 / Publicado por Vitória Quirino

Cabelo crespo 4C com luzes: como cuidar dos fios após a descoloração

É possível fazer luzes nos cabelos crespos 4C sem danificar a estrutura da curvatura! Não deixe de tomar precauções como o teste de mecha e a prova de toque

É possível fazer luzes nos cabelos crespos 4C sem danificar a estrutura da curvatura! Não deixe de tomar precauções como o teste de mecha e a prova de toque

Muitas meninas crespas têm receio de apostar na coloração, principalmente após finalizar a transição capilar. Esse medo geralmente está atrelado aos danos que a química pode deixar nos fios. Como o tipo 4 é naturalmente mais frágil, fino e seco, é preciso ter ainda mais atenção aos cuidados pré e pós coloração. Assim, seus fios ficarão fortes e resistentes o suficiente para aguentar todo procedimento, sem prejuízos à curvatura. Quer saber algumas dicas de como iluminar seu cabelo 4C com luzes sem danificar a saúde capilar? Vem com a gente!

Tome todas as precauções e não se esqueça dos testes de segurança

Para ter um ótimo resultado com a coloração é preciso ter bastante cautela e não deixar os testes de segurança de lado. A prova de toque vai garantir que não você não tenha problemas com reações alérgicas, irritações e vermelhidão.

o teste de mecha é essencial para evitar surpresas com a tonalidade e também assegura que seus fios irão aguentar a química durante todo processo. Normalmente, o passo a passo dessas etapas vêm descritos no folheto informativo da sua coloração. Não se esqueça também, de pedir para que a sua cabeleireira tome essas precauções no salão.

Aposte em um cronograma pesado para proteger as madeixas

A maior preocupação das crespas com a coloração são os danos. Mas, é simples manter a saúde dos cabelos tipo 4C em dia mesmo com as luzes. O ideal é se prevenir e não deixar para correr atrás do prejuízo depois. Monte um cronograma pré-química com foco nas necessidades mais urgentes do seu crespo. Para saber qual etapa precisa de mais atenção, opte por fazer o teste de porosidade. Já no pós-química, deposite suas fichas na reconstrução e em casos mais graves, lembre-se que a queratina líquida está sempre pronta para te salvar.

Cuidado para não se empolgar na hora de puxar as luzes

Um erro comum para quem faz luzes é ficar com o cabelo muito loiro conforme são feitos retoques na coloração. A maior dica para não ter erro é sempre procurar um profissional especializado para fazer o procedimento caso você não tenha certeza do que está fazendo. Ele saberá como aplicar corretamente o retoque e o loiro ficará na medida certa, sem avançar demais no comprimento. Outra sugestão para consertar o efeito é apostar nas luzes invertidas, que vão escurecer novamente os fios. Assim, o visual será iluminado e não loiro.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram