Fique Diva - Prós e contras do Big Chop: vantagens e desvantagens de fazer o grande corte na transição capilar

22/08/2018 / Publicado por Marina Couto

Prós e contras do Big Chop: vantagens e desvantagens de fazer o grande corte na transição capilar

O big chop, como todo corte de cabelo, tem suas vantagens e desvantagens. Vale considerar todas as possibilidades antes de investir no grande corte!

O big chop, como todo corte de cabelo, tem suas vantagens e desvantagens. Vale considerar todas as possibilidades antes de investir no grande corte!

Quem está em transição capilar tem a opção de fazer o big chop, o grande corte que elimina a química dos fios com mais rapidez. Nem todo mundo se sente segura para encarar a tesoura de uma vez só e ficar com os cabelos bem curtinhos, mas é fato que lidar com duas texturas pode ser mais cansativo e desafiador do que a mudança de comprimento. Por outro lado, nem tudo são flores na vida de quem decide investir no big chop. Confira a seguir as vantagens e desvantagens da transformação!

O tempo de transição capilar é menor com o big chop

Essa é a principal vantagem de quem decide desapegar e apostar no grande corte. Ao invés de prolongar a transição capilar e esperar longos meses (ou, em alguns casos, anos) até ficar com os fios totalmente naturais, o big chop te ajuda a encurtar esse tempo.

Além disso, o big chop não é um corte padronizado para todas. Os fios podem ficar bem curtinhos ou um pouco mais longos, dependendo do crescimento da sua raiz. Por isso, vale caprichar nos cuidados com o couro cabeludo para fortalecer as madeixas e esperar o tempo que achar necessário antes de cortar.

O scab hair é muito comum depois do grande corte

Vale dizer, porém, que o big chop não é a solução de todos os problemas capilares. Ele tira sim praticamente toda a química dos cabelos, diminuindo bastante o período de transição, mas não impede que você tenha scab hair, entre outras situações, mesmo com os fios mais curtinhos.

O scab hair é o “cabelo novo” que cresce depois do corte, mas que costuma ser bem mais ressecado do que os outros e sem definição nenhuma. E mais: os fios ainda podem crescer com resquícios de química, principalmente se você alisou por muito tempo. Não precisa se desesperar, diva! Invista pesado na hidratação e vá aparando as pontas a cada três meses.

Os cabelos curtos são versáteis e práticos

A maioria das divas que decidem investir no big chop, mesmo estando com medo, não se arrependem da decisão. É que, com o comprimento menor, os fios ficam mais práticos de cuidar e você nem perde mais tempo com tanta finalização.

E se engana quem pensa que o big chop pode limitar os penteados! Com criatividade, produtinhos certeiros e um pouco de inspiração nas redes sociais, você consegue deixar as madeixas sempre com um cara nova.

 

Você pode não se adaptar com o big chop

No entanto, o grande corte não é o tipo de decisão que você pode tomar do dia para a noite ou só porque a amiga fez e ficou bonito. É uma atitude corajosa e você pode não se sentir bonita ou confortável com o big chop.

Nesse caso, a dica é sempre fazer o que você tem vontade. Por mais que o big chop facilite a vida, não precisa fazê-lo se não quiser. E, se você cortou e não está satisfeita com o resultado, as tranças sintéticas são uma alternativa para esperar os fios crescerem um pouco mais.

 

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram