facebook instagram twitter youtube
megahair

Quer alongar os cabelos? Conheça os diferentes tipos de megahair

Apesar do corte pixie e o long bob serem a maior aposta do momento, muitas mulheres ainda recorrem ao megahair para alongar os fios em ocasiões especiais. As celebridades, por exemplo, ainda são as maiores adeptas desse artifício, seja para incorporar um novo personagem, como fez Susana Vieira para viver a Adis Abeba em "A Regra do Jogo" na telinha ou para estrelar em uma nova turnê de shows como Beyoncé e Rihanna costumam apostar. O mais importante antes de recorrer às extensões é saber se seus cabelos estão saudáveis o suficiente para receber uma nova quantidade de fios. Confira algumas tipos de extensão e veja qual se adpta mais a você. 

Alongamento com cola de queratina dura até três meses

Com duração de até três meses, a técnica mais procurada dentre os tipos de alongamento é a feita com cola de queratina. Para quem não sabe como funciona, alguns tufos de cabelo são colados aos fios naturais após o aquecimento da queratina. As mechas precisam ser finas e leves para não repuxar a raiz, caso contrário, pode causar dor de cabeça, desconforto local e até queda.

Esse método pode ser usado em todo tipo de cabelo, desde que seus fios estejam saudáveis o suficiente para recebê-lo. Além disso, o alongamento com cola de queratina é um dos tipos mais fáceis de cuidar no dia a dia, já que a rotina de hidratações e proteção contra agentes externos antes de sair de casa é igual a que você fazia com os fios naturais. Vale apenas evitar passar a chapinha ou o babyliss próximos à cola.

Interlace é a melhor opção para quem tem cabelos curtos

O interlace é a melhor opção para quem tem cabelos curtinhos e quer aumentar. A técnica liga os fios do alongamento aos naturais através de uma tela que é costurada rente ao couro cabeludo. A maior vantagem desse método é que o alongamento fica imperceptível e dá para fazer chapinha e escova sem problemas. O ponto negativo é que a manutenção precisa ser feita a cada 15 dias, pois as tranças ficam úmidas e o cabelo corre o risco de apodrecer.

Técnica microlink prende sem precisar de cola e não danifica o cabelo

O microlink é uma versão mais avançada que a cola de queratina. Em vez de colar as mechas artificiais no couro cabeludo, os tufos de cabelo são presos através de anéis metálicos aos fios naturais e não necessitam de nenhum tipo de química. Portanto, essa acaba sendo uma das técnicas mais fáceis de aplicar e remover quando quiser, sem causar danos às suas madeixas.

Alongamento de presilhas pode ser colocado em casa

Se você quer alongar as madeixas por pouco tempo ou só para um evento específico, a melhor opção é recorrer aos apliques de cabelo com presilhas tique-taque. Além de ser mais barato, esse tipo de extensão pode ser colocada em casa quando quiser: basta separar o cabelo em mechas e inserí-las nos lugares que você pretende dar volume. Essa técnica não precisa de manutenção e se o cabelo for humano, você ainda pode tingir da cor dos seus fios para o efeito ficar ainda mais natural.

Queratina Reparação
Uma linha desenvolvida para fortalecer e reparar seus cabelos. Sua fórmula é enriquecida com a exclusiva MAXQueratina+, um complexo de tratamento com 13 aminoácidos que penetram profundamente na fibra capilar, restaurando e hidratando ainda mais os cabelos.

Últimas matérias

4 dicas para fazer a maquiagem durar mais na pele oleosa

Temas relacionados