Fique Diva - Semana do aleitamento materno: amamentação pode causar queda de cabelo? Veja curiosidades sobre o assunto

03/08/2018 / Publicado por Marina Couto

Semana do aleitamento materno: amamentação pode causar queda de cabelo? Veja curiosidades sobre o assunto

A Semana Mundial do Aleitamento Materno acontece na primeira semana de agosto e reforça a importância da amamamentação como alimento exclusivo do bebê até os seis meses de idade

A Semana Mundial do Aleitamento Materno acontece na primeira semana de agosto e reforça a importância da amamamentação como alimento exclusivo do bebê até os seis meses de idade

A primeira semana de agosto é considerada a Semana Mundial do Aleitamento Materno. Ela teve início ainda nos anos 1990 e, ao longo desses anos, vem reforçando a importância da amamentação no desenvolvimento e na saúde dos bebês. Acontece que a prática ainda é cercada de dúvidas e de muita idealização, até porque amamentar não é tão fácil assim! Por isso, o Fique Diva reuniu algumas informações sobre o assunto para que você saiba mais sobre os benefícios, os perrengues e curiosidades do aleitamento materno. Vamos conferir?

1 - Nem todo mundo consegue amamentar - e tá tudo bem!

A primeira coisa que precisa ser desconstruída é a sensação de que, assim que o seu bebê nascer, o seu corpo automaticamente estará preparado para amamentá-lo. Nem sempre é assim que acontece, diva, mas não precisa ficar triste. Afinal, isso não faz de você menos mãe.

É que a amamentação é influenciada por diferentes fatores e problemas como pouca produção de leite, a falta de pega do bebê, infecções pós-parto, machucados no mamilo ou ao redor do peito, fora os dilemas emocionais, podem acontecer. O mais importante é não se deixar abater e não ter vergonha de procurar ajuda.

2 - A amamentação pode doer bastante (ou não)

Cada mulher é única, assim como a sua gestação e as descobertas depois do nascimento do seu filho. Por isso, não dá para colocar a amamentação em uma caixinha e achar que ela será uma experiência igual para todas.

Assim como foi dito no tópico anterior, existem inúmeras questões sobre a amamentação, entre elas, a dor na hora de dar o leite para o bebê. Tem casos em que a dor é insuportável, enquanto outras mães conseguem amamentar sem traumas. Por isso, vale deixar a idealização um pouco de lado e lidar com esse momento da melhor forma possível.

3 - Amamentação pode provocar queda de cabelo

Se durante a gravidez seus cabelos ficaram mais brilhosos e cheios de movimento, pode ser que depois do parto e na amamentação a história seja outra. Isso porque os hormônios ficam um tanto desequilibrados nesse período, provocando uma queda de cabelo mais intensa.

Não precisa se desesperar, porque é normal! Além de consultar um profissional especializado, vale investir em uma boa alimentação, mais natural, que ajude a fortalecer as madeixas e evitar a queda.

4 - O que é amamentação cruzada?

A amamentação cruzada é quando uma mãe não produz leite suficiente, ou tem alguma dificuldade no processo, e entrega o filho para ser amamentado por outra pessoa, que geralmente faz parte do mesmo círculo social.

Essa é uma prática arriscada, porque o seu filho pode ter restrições que não compatíveis com o leite de outra pessoa, além de correr riscos de infecções mais sérias. No entanto, cada uma tem a sua vivência e vai saber a melhor forma de alimentar o próprio filho.

5 - É aconselhado amamentar até os seis meses de idade

O aleitamento materno é muito importante para o desenvolvimento sadio do bebê, já que fornece todos os nutrientes que ele precisa nessa fase, além de fortalecer o vínculo entre mãe e filho. Por isso, o ideal é que a amamentação seja feita exclusivamente até os seis meses de idade.

Porém, mais uma vez, é importante não estabelecer isso como uma regra que você precisa seguir à risca, pois pode gerar frustração e culpa se você não conseguir. Se for algo possível, aproveite, mas se não puder amamentar por esse período, procure encontrar o melhor jeito para alimentar o seu bebê.

Ver mais:

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram