Fique Diva - Tive corte químico, posso fazer escova progressiva? Saiba se o alisamento está liberado

15/05/2018 / Publicado por Marina Couto

Tive corte químico, posso fazer escova progressiva? Saiba se o alisamento está liberado

O corte químico é uma quebra causada pelo excesso ou incompatibilidade de química nos fios. Por isso, é melhor evitar a escova progressiva

O corte químico é uma quebra causada pelo excesso ou incompatibilidade de química nos fios. Por isso, é melhor evitar a escova progressiva

Se o cabelo estiver muito fragilizado por causa de colorações e alisamentos, você corre o risco de ter um corte químico. E o que seria isso? É quando o fio se parte de forma agressiva, em decorrência de incompatibilidade ou excesso de químicas. No entanto, muitas mulheres mantêm a progressiva mesmo depois do incidente. Será que é a melhor opção? Saiba mais aqui no Fique Diva!

Depois do corte químico, aposte em reconstrução com queratina líquida

Os cabelos podem ficar quebradiços por diferentes motivos. Porém, o corte químico é causado principalmente por algum procedimento feito, seja ele coloração, alisamento ou relaxamento. Para quem fez alguma mistura entre químicas, o risco é ainda maior, já que alguns produtos são incompatíveis entre si.

Nesse caso, a melhor pedida é fazer uma reconstrução capilar para recuperar as madeixas e devolver a massa capilar perdida. Para o tratamento, basta usar queratina líquida e uma máscara concentrada da sua preferência. Se preferir, monte um cronograma capilar para que a sua rotina de cuidados fique ainda mais completa.

Dê um tempo na escova progressiva

Por mais tentador que seja fazer mais uma escova progressiva para manter os cabelos lisos e arrumados, o procedimento químico não é a melhor opção depois de um corte químico. Isso porque os fios estão muito fragilizados, e o excesso de alisantes pode prejudicar ainda mais as suas madeixas.

Então, dê um intervalo de, pelo menos, dois meses, antes de se aventurar no alisamento novamente. Isso também vale para a coloração, se a situação estiver muito crítica. Recupere os fios primeiro e só depois volte para a progressiva, ok? Já se a escova tiver sido a causa principal para o seu corte químico, talvez seja melhor repensar o procedimento.

 

Se for preciso, corte um pouco os cabelos

Nem sempre os fios se partem em um local muito visível. Pode ser que o corte químico aconteça na parte de trás dos fios ou na nuca e você consiga disfarçá-lo com penteados e grampos.

No entanto, dependendo da situação, vale a pena cortar os cabelos não só para igualar o tamanho dos fios como também para deixá-los com um aspecto mais saudável. Um bom corte ajudar a fortalecer as madeixas e a tirar aquelas pontas mais ressecadas que podem aparecer com a química.

 

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram