Fique Diva - Tudo sobre o kanekalon! Conheça o tipo de cabelo para fazer as tranças sintéticas

14/06/2018 / Publicado por Vitória Quirino

Tudo sobre o kanekalon! Conheça o tipo de cabelo para fazer as tranças sintéticas

O kanekalon é um extensor para tranças sintéticas que pode fazer parte de diferentes tipos de penteados afro, como box braids, nagô e crochet braids

O kanekalon é um extensor para tranças sintéticas que pode fazer parte de diferentes tipos de penteados afro, como box braids, nagô e crochet braids

O kanekalon é um tipo de cabelo sintético bem conhecido no mundo das tranças. Com ele é possível fazer extensões em diversos tipos de penteados afro. Essa fibra geralmente é a primeira a ser usada por quem está começando, porque seu custo benefício é maior e também por ser simples de manusear. Além disso, o fio possui diversas características que fazem toda diferença no resultado final, como peso, brilho e tonalidade. Quer saber tudo sobre o kanekalon? Confira!

A fibra do kanekalon é uma das mais pesadas

Dependendo do tipo de penteado e da resistência de cada pessoa, o kanekalon nem sempre é a melhor pedida. Essa decisão deve ser tomada de acordo com a quantidade de cabelo sintético que deverá ser usada e também com o seu costume em usar tranças. Como essa fibra é mais pesada que as outras, para penteados como as box braids, muitas meninas preferem o jumbo.

As pontas das tranças de kanekalon precisam ser amarradas

Diferentemente do jumbo, não é recomendável fazer selagem nas pontas de tranças feitas com kanekalon. Elas são finalizadas com outro tipo de acabamento, a amarração com lastex. Esse é o procedimento mais indicado porque a fibra de kanekalon pode derreter em contato com o calor. Inclusive, em penteados como o nagô, algumas trancistas preferem usar o método de queimar as pontinhas para concluir o visual.

 

O kanekalon é perfeito para quem está começando a trançar

A fibra de kanekalon possui um aspecto mais artificial e com maior brilho quando comparado às outras. Isso faz com que a estrutura do fio seja mais firme e embole menos, o que ajuda quem ainda não tem muita prática com a arte de trançar.

Escolher esse cabelo sintético como ponto de partida é uma boa para quem quer praticar e até mesmo fazer as próprias tranças. E a melhor parte é que por ser relativamente mais barato de comprar, errar não vai ser um problema. Mas tenha em mente que essa fibra não possui uma grande variedade de cores no mercado, podendo ser encontrada em preto, castanho, vermelho, roxo, azul e loiro.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram