facebook instagram twitter youtube
Tendências

Quero fazer minha primeira viagem internacional: 8 dicas para você se planejar

A primeira viagem internacional é uma experiência inesquecível, mas que também pode dar muito medo. Tem tanta coisa para fazer antes de viajar, que a gente pode deixar algo passar e ficar nervosa de dar problema lá na frente. Mas a verdade é que até quem já viaja sempre comete erros, e, acredite, de algumas situações você vai rir depois. Porém, existem algumas prioridades, como acomodação, passagem e documentos, que precisam de uma atenção maior. Nós separamos algumas dicas para te ajudar no planejamento. 

Muito cuidado com os documentos que você precisa

Dependendo do lugar que você vai, os documentos necessários são diferentes. O passaporte e o visto são os que demoram mais tempo, portanto, providencie com antecedência. Se vai viajar para a América do Sul é muito mais fácil, já que a maioria dos países só exige RG para liberar a entrada - com exceção de Suriname, Guiana Francesa (que precisa de visto) e Guiana.

Não se esqueça: pesquise quais documentos você precisa levar para não ter problemas para entrar no país. Então, se ainda não tem passaporte ou ele está vencido, corre para resolver isso. Não importa se a sua viagem ainda vai demorar um pouco, os problemas na emissão de documentos são sempre inesperados e podem impedir sua ida.

Qual a melhor hora para comprar a passagem aérea?

Se você está com o orçamento curto, fique ligada que passagens sempre estão em promoção. Dica de amiga para quem ainda tem tempo antes de viajar: as companhias aéreas sempre fazem promoções de madrugada. Muitos sites especializados também te ajudam nessa missão! Eles concentram informações de passagens de várias empresas e mostram as promoções e os dias mais baratos para comprar o bilhete. Mas cuidado, quando a viagem está perto, os preços baixos somem e os valores só aumentam.

Então, se você está esperando a promoção e falta pouco tempo para a sua viagem, não espere mais. Gaste um pouco mais na passagem e reorganize o seu orçamento para que isso não prejudique seus planos.

Escolha o melhor tipo de hospedagem para a sua viagem

Hoje em dia existem tantas opções, que ficamos até tontos na hora de escolher. Alugar um apartamento é muito legal se você vai viajar com a família e precisa de mais espaço (e costuma ser bem mais barato que um quarto de hotel). Uma dica fácil é olhar nos comentários do site especializado se a pessoa que está alugando é confiável.

Para quem está viajando sozinha, o hostel é a opção mais econômica. Esse tipo de hospedagem normalmente tem quartos femininos, masculinos e mistos e é um ótimo ambiente para se conhecer pessoas, além da vantagem de fazer amigos de todos os cantos do mundo.

Planeje o quanto você vai gastar para não faltar dinheiro

É muito - MUITO - importante que você faça um bom planejamento do seu orçamento antes da viagem. E têm muitos fatores que fazem diferença na hora de fazer os planos de gastos. Se a cidade tem muitas atrações turísticas pagas, pesquise os preços das que você quer ir e já reserve esse dinheiro - ou compre os ingressos com antecedência. Faça também um cálculo de quanto pretender gastar por dia com alimentação.

Vai para um país que é ótimo para fazer compras? Então dê uma pesquisada nos preços e nas lojas que você quer ir, para ter uma noção do quanto quer gastar. E não se esqueça dos transportes! Metrô, táxi, ônibus… Descubra se o lugar tem cartões semanais ou mensais para os transportes públicos, eles costumam valer a pena.

Fique ligada nas vacinas que você precisa tomar

Quando viajamos para países diferentes, às vezes precisamos tomar alguns cuidados médicos. Alguns lugares precisam de certificados de vacinas específicas para autorizar a entrada no país. Isso normalmente acontece quando existe alguma doença contagiosa em epidemia no local.

Quer um exemplo? No Brasil, estamos com problemas com a dengue, zika e chicungunha, quem vem para cá precisa tomar cuidados, como usar repelente e ficar ligado em ambientes que o mosquito pode estar. Para saber se o país que você vai tem alguma exigência de saúde, acesse https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/.

Para menores de 18 anos, não se esqueça da autorização

Viajar com crianças menores de 18 anos sem autorização dos pais é proibido. Mesmo que a criança esteja viajando com apenas um dos pais, é necessário a autorização do outro. Se você tem menos de 18 anos e vai viajar sozinha, não esqueça disso! Sem a permissão, você não viaja.

Faça um roteiro de pontos turísticos

Pesquise bem antes de ir para algum lugar diferente e faça um planejamento para aproveitar melhor os seus dias. Sem saber o que tem na cidade, você pode deixar de visitar os pontos turísticos mais importantes e os lugares mais bonitos. E, para descobrir lugares incríveis que não estão nos roteiros comuns, pergunte para algum amigo que já fez a mesma viagem. E pegue dicas com os moradores locais! Não precisa ser um estranho na rua, mas os atendentes em restaurantes e cafés, muitas vezes, sabem dessas dicas e vão te dar ideias ótimas.

Divirta-se!

Não tem jeito, algumas coisas vão dar errado, afinal, é sua primeira viagem e é normal que nem tudo saia como o planejado. O que você não pode é entrar em desespero e perder a cabeça. Então mantenha a calma e tente resolver as coisas da melhor forma possível. No final, todas as partes da viagem - as boas e as ruins - serão histórias para contar.

Últimas matérias

5 mitos e verdades sobre o crescimento dos fios

Temas relacionados