Fique Diva - Cabelo cacheado não pode usar shampoo?

27/12/2017 / Publicado por Marina Couto

Cabelo cacheado não pode usar shampoo?

Quem tem cabelo cacheado ou crespo pode usar shampoo, mas precisa de cuidados

Quem tem cabelo cacheado ou crespo pode usar shampoo, mas precisa de cuidados

Os shampoos sem sal são menos agressivos do que os tradicionais, então é a melhor opção

Os shampoos sem sal são menos agressivos do que os tradicionais, então é a melhor opção

Já existe no mercado shampoos em versões livres de sulfato, parabeno, parafina e outras subtâncias químicas

Já existe no mercado shampoos em versões livres de sulfato, parabeno, parafina e outras subtâncias químicas

Os shampoos liberados limpam sem tirar a oleosidade natural dos cabelos cacheados e crespos

Os shampoos liberados limpam sem tirar a oleosidade natural dos cabelos cacheados e crespos

Use um óleo vegetal nos fios antes de lavar, fazendo uma rápida umectação. Essa técnica é conhecida como pré-poo

Use um óleo vegetal nos fios antes de lavar, fazendo uma rápida umectação. Essa técnica é conhecida como pré-poo

O shampoo antirresíduos pode ressecar ainda mais os cachos. Use a cada 15 dias ou uma vez por mês

O shampoo antirresíduos pode ressecar ainda mais os cachos. Use a cada 15 dias ou uma vez por mês

Os cabelos cacheados e crespos são naturalmente ressecados, já que o formato encaracolado impede que a oleosidade chegue até as pontas. Por isso, é importante manter os fios hidratados para amenizar a situação. Acontece que muitas divas estão abolindo o uso do shampoo, por achar que ele pode ressecar ainda mais o cabelo. Será que é isso mesmo? Confira as dicas que a gente separou para você!

Shampoo sem sal agride menos os cachos

Quem tem cabelo cacheado não precisa tirar o shampoo da rotina de beleza. No entanto, é verdade, sim, que alguns produtos agridem mais os fios do que outros, principalmente por conter muitas substâncias químicas que não limpam as madeixas corretamente.

Nesse caso, vale a pena investir em um shampoo sem sal, pois esse tipo de produto é menos danoso para os cachos. Para fazer a lavagem certinha, você precisa aplicar o produto duas vezes, massageando bem o couro cabeludo. E, como são cachos, o ideal é que o shampoo sejam perolado, que é mais hidratante do que o transparente.

Aposte nas versões sem sulfato e outros substâncias químicas

Se você ainda não está convencida e tem suas dúvidas em relação ao shampoo sem sal, outra boa alternativa é procurar os shampoos que são livres de sulfato, parabeno, parafinas, entre outros componentes mais agressivos.

Como são mais suaves, eles limpam o couro cabeludo, mas não retiram a oleosidade dos fios, fundamental para proteger a região. Além disso, os shampoos liberados são perfeitos para quem está em transição capilar, já que preserva o formato dos cachinhos que estão crescendo.

A técnica do pré-poo deixa os cachos mais protegidos

Quem não tem um shampoo sem sal ou totalmente liberado em mãos pode fazer a técnica do pré-poo antes de lavar os fios. O método, muito conhecido entre as gringas, é feito com óleos, condicionadores ou máscaras, usados antes do shampoo, para proteger os fios das substâncias que podem danificá-los.

Sabe como faz? Espalhe um pouco de óleo vegetal por todo o couro cabeludo, fazendo uma rápida umectação. Deixe agir por 15 minutos e depois basta iniciar a lavagem como de costume. Você também pode fazer o mesmo procedimento com a máscara concentrada.

Cuidado com o shampoo antirresíduos

É comum ficar com resquícios de produtos nos cabelos, ainda mais as cacheadas e crespas que adoram fazer misturinhas. Para isso, o shampoo antirresíduos ajuda a fazer uma limpeza mais profunda nas madeixas.

Mas atenção: não use o produto em excesso, pois ele tende a ressecar ainda mais os cabelos. A frequência ideal é a cada 15 dias ou uma vez por mês, dependendo do seu tipo de fio. Quanto mais ressecado ele for, maior deve ser o intervalo.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram