Fique Diva - Como aceitar meu cabelo cacheado após a transição capilar? Veja 5 dicas para aprender a lidar com os seus cachos!

02/06/2017 / Publicado por Marina Couto

Como aceitar meu cabelo cacheado após a transição capilar? Veja 5 dicas para aprender a lidar com os seus cachos!

Depois de abandonar a química, é preciso passar pela transição capilar para voltar aos cabelos naturais

Depois de abandonar a química, é preciso passar pela transição capilar para voltar aos cabelos naturais

Os cabelos cacheados e crespos, assim como os outros, também têm seus dias de bad hair, principalmente na transição. Tem que ter paciência!

Os cabelos cacheados e crespos, assim como os outros, também têm seus dias de bad hair, principalmente na transição. Tem que ter paciência!

Depois da transição capilar, evite se comparar com outras meninas para não gerar frustração. Cada cabelo é único!

Depois da transição capilar, evite se comparar com outras meninas para não gerar frustração. Cada cabelo é único!

Aproveite o período para testar várias receitinhas caseiras

Aproveite o período para testar várias receitinhas caseiras

Busque informações nas redes sociais e veja vídeos sobre os cuidados capilares após a transição

Busque informações nas redes sociais e veja vídeos sobre os cuidados capilares após a transição

Cultive o amor-próprio e aprenda a gostar de si mesma e dos seus cabelos do jeito que eles são

Cultive o amor-próprio e aprenda a gostar de si mesma e dos seus cabelos do jeito que eles são

As meninas que abandonaram a química e decidiram assumir os seus cabelos naturais precisam passar pela transição capilar. Esse período pode ser mais demorado ou mais rápido, se você optar pelo big chop. O problema é que, depois que essa fase passa, muitas não reconhecem mais os seus fios cacheados e até pensam em alisá-los novamente. Por isso, algumas dicas são fundamentais para aceitar suas madeixas do jeito que elas são.

1 - Tenha muita paciência e força de vontade

Parece óbvio quando falamos que a transição capilar exige muita paciência, mas muitas meninas ainda acreditam que só o fato de cortar o cabelo ou parar com a química vai fazer com que seus cachos cresçam lindos e perfeitos. Não é bem assim que funciona…

Você vai ter que lidar com duas texturas (ou mais), vai ter bad hair day e a sua autoestima pode ficar abalada com o corte de cabelo. Por isso, é preciso ser muito paciente e ter bastante força de vontade para não desistir. Uma coisa a gente garante: todo esse processo vai valer a pena!

2 - Evite comparações com outras meninas que estão em transição

Cada cabelo é de um jeito, mesmo que os cachos pareçam ser todos iguais. Então, quando você fica se comparando com outras pessoas que já passaram (ou estão passando) pelo mesmo processo, isso pode gerar uma frustração e vontade de desistir.

Ficar inspirada com o cabelo da blogueira é normal e saudável, pode ser o impulso que você precisa para seguir firme na transição. Mas avalie sempre o que funciona para o seu tipo de fio e não fique triste se algum produto ou técnica não der certo naquele momento. O importante é tentar, combinado?

3 - Economize seu dinheiro e teste várias receitinhas caseiras

Quando você para de alisar o cabelo, o seu gasto com salão de beleza diminui bastante. Mas isso não significa que os cuidados devem ser deixados de lado! A grande vantagem é que esses tratamentos podem ser caseiros e muito mais acessíveis, além de fazer um bem danado para os fios.

Já usou óleo de coco? E a maionese? A hidratação com mamão é ótima para quem tem cabelos cacheados e crespos, sabia? Pois é, são muitas receitas, com ingredientes que você tem no armário da sua cozinha. Comece a testar já!

4 - Busque apoio com as amigas, família e também nas redes sociais

Mesmo seguindo todos os cuidados, tem dia que os cachos parecem não ter jeito. Antes de chorar e se desesperar, faz o seguinte: converse com alguém da sua família ou mande mensagem para aquela amiga que sempre tem um conselho inspirador.

Se não adiantar, corra para as redes sociais e entre nos vários grupos de cacheadas e crespas para pedir uma ajudinha. Sem contar que os vídeos sobre transição capilar são ótimos para saber mais sobre o assunto e ainda aprender muitas coisas novas.

5 - Aprenda a gostar de quem você realmente é!

As suas características são únicas e ninguém no mundo tem as mesmas qualidades que você. Isso inclui o seu cabelo também. Se os seus fios são de um determinado jeito, a melhor dica é aceitá-los do jeitinho que eles são.

Outra sugestão muito boa é registrar as fases da sua transição. Tire fotos à medida que seu cabelo for crescendo e ganhando forma. Além das diferenças capilares, você irá notar o quanto você evoluiu ao longo do período.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram