Fique Diva - O que é vegetarianismo? Saiba mais sobre a alimentação sem carne

06/11/2017 / Publicado por Marina Couto

O que é vegetarianismo? Saiba mais sobre a alimentação sem carne

O vegetarianismo é uma alimentação em que não se consome carne

O vegetarianismo é uma alimentação em que não se consome carne

Para se tornar vegetariana, o mais indicado é procurar um profissional para orientar melhor as substituições

Para se tornar vegetariana, o mais indicado é procurar um profissional para orientar melhor as substituições

Existem diferentes tipos de vegetarianos, além do veganismo, que não consome nada que tenha origem animal

Existem diferentes tipos de vegetarianos, além do veganismo, que não consome nada que tenha origem animal

Se estiver a fim de adotar o vegetarianismo, pode começar tirando a carne aos poucos, no seu ritmo

Se estiver a fim de adotar o vegetarianismo, pode começar tirando a carne aos poucos, no seu ritmo

O vegetarianismo não é só folha, existem várias receitas criativas e saborosas para fazer

O vegetarianismo não é só folha, existem várias receitas criativas e saborosas para fazer

O vegetarianismo pode ser motivado por diferentes fatores, entre eles a questão ambiental, saúde e amor aos animais

O vegetarianismo pode ser motivado por diferentes fatores, entre eles a questão ambiental, saúde e amor aos animais

Muito tem se falado sobre o vegetarianismo, mas ainda existem muitas dúvidas sobre o tema. Afinal, somente parar de comer carne não é o suficiente para ter uma alimentação completa e balanceada. É preciso saber quais alimentos incluir na sua rotina para garantir todos os nutrientes, além de consultar um profissional de confiança que vai orientar melhor suas escolhas a partir das suas necessidades. No entanto, para quem tem um pouco de curiosidade sobre o assunto, o Fique Diva separou algumas dicas que podem ajudar. Confira!

O que é vegetarianismo?

O vegetarianismo é uma alimentação à base de vegetais, frutas e grãos, entre outros alimentos, excluindo por completo o consumo de carne. Por isso, quem deseja se tornar vegetariana precisa parar de comer carne vermelha, frango e peixe. Essa escolha pode ser motivada por diferentes questões, que podem ser sociais, ambientais, médicas ou ainda afetivas.

No entanto, seja qual for a motivação, o vegetarianismo não é só excluir alimentos. Até porque de nada adianta tirar a carne do cardápio e se alimentar apenas de batata e ovo, por exemplo, ou se esbaldar em frituras e comidas gordurosas, sem repor os nutrientes que você realmente precisa. Por isso, para saber com mais profundidade sobre o assunto, a dica é procurar um nutricionista - de preferência que seja especializado nesse tipo de alimentação - para te orientar melhor.

Vegetariano não é tudo igual!

Quando se fala em vegetarianismo, muita gente acha que é só parar de comer carne e pronto - você já é vegetariana. Essa é a regra básica, no entanto, nem todos os vegetarianos são iguais. Dependendo do que a pessoa come ou deixa de comer, ela se enquadra em diferentes categorias.

Muitos vegetarianos não deixam de consumir ovos e laticínios, como leite, iogurte e queijos, e por isso são considerados ovolactovegetarianos. Já as pessoas que também excluíram o ovo e seus derivados da alimentação são consideradas lactovegetarianas. Tem aquelas que não consomem leite, ovos e nada que seja de origem animal, que são conhecidas como vegetarianos estritos.

Saiba a diferença entre vegetarianismo estrito e veganismo

Outra dúvida bem comum é sobre o veganismo, uma pegada mais radical do vegetarianismo. Enquanto a categoria mais estrita exclui todo e qualquer produto de origem animal do cardápio, o vegano não consome carne em nenhum aspecto da vida. Isso significa que a alimentação, as roupas que veste, os itens de beleza que usa, nada disso foi testado ou se apropria de algum bichinho.

Como adotar o vegetarianismo aos poucos?

Com tantas informações, parece impossível ser vegetariana, certo? O que você vai comer, no fim das contas, só folhas? Calma, dá, sim, para adotar um estilo de vida mais saudável, sem sofrimento. Nesse caso, se você está interessada em ser vegetariana, pode começar aos poucos, no seu ritmo.

Comece tirando a carne do seu prato apenas um dia na semana e vá aumentando esse intervalo devagar, conforme se sentir mais confortável. Nas redes sociais, existem várias receitas criativas, saborosas e bem fáceis para quem se interessa pelo assunto - que não se resumem só a alface. Além disso, você aprende a variar os alimentos do dia a dia, sem precisar radicalizar. Que tal testar?

Ver mais:

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram