Fique Diva - Cabelo em transição: veja os melhores tipos de corte para esse período

06/09/2019 / Publicado por Ariel Borges

Cabelo em transição: veja os melhores tipos de corte para esse período

O corte repicado (ou shaggy hair) é uma ótima escolha para quem é cacheada e está passando pela transição (Foto: Instagram @salsalhair)

O corte repicado (ou shaggy hair) é uma ótima escolha para quem é cacheada e está passando pela transição (Foto: Instagram @salsalhair)

Para cacheadas e crespas, o tapered cut é um pré big chop cheio de estilo (Foto: Instagram @themonacut)

Para cacheadas e crespas, o tapered cut é um pré big chop cheio de estilo (Foto: Instagram @themonacut)

O long bob com pontas desconectadas e a frente um pouco mais comprida também ajuda a disfarçar as duas texturas das cacheadas (Foto: Instagram @mouseybrowne)

O long bob com pontas desconectadas e a frente um pouco mais comprida também ajuda a disfarçar as duas texturas das cacheadas (Foto: Instagram @mouseybrowne)

Além de ser um momento de uma grande mudança estética, a transição capilar também mexe muito com a autoestima de quem passa pelo processo. Por isso, enquanto a raiz natural está crescendo e as pontas ainda têm os efeitos dos processos químicos utilizados, qualquer estratégia para disfarçar as duas texturas de cabelo é válida. Geralmente, as texturizações são a opção escolhida, mas você também pode apostar num corte estiloso — que não precisa ser, necessariamente, o big chop. Aqui embaixo a gente reuniu alguns tipos de corte que ajudam a equilibrar o visual nesse período.

1# O tapered hair funciona em diferentes tipos de curvatura de cabelo

O visual mais curtinho nas laterais e com volume no topo da cabeça é uma das principais opções para quem está na transição capilar porque, de cara, já elimina uma grande parte dos fios com química e ainda deixa o resultado final incrível. O tapered hair vai te ajudar a diminuir a duração do período de transição sem o impacto do big chop. Deixando a parte de cima com um comprimento médio, você consegue modelar bem os cachos e conseguir um visual cheio de personalidade e estilo.

2# O corte repicado — ou shaggy hair — é perfeito para disfarçar as pontas diferentes da transição

Conforme o cabelo vai crescendo na transição, é bem comum que ele fique desalinhado e com algumas pontas desconectadas. Por que não, então, aproveitar essa base e apostar no corte repicado, que tem como principal característica o visual desnivelado e bagunçadinho? O shaggy hair funciona super bem em fios que têm a curvatura 2 e 3, mas também pode ser adaptado para os cabelos crespos, assim como o visual em camadas. O que vai mudar, nesse caso, é o tipo de finalização.

3# Aposte no corte em camadas nos primeiros meses de transição

O corte em camadas é um clássico perfeito para quem está começando a transição e quer dar uma variada no visual sem perder o comprimento. Com ele, você consegue tirar uma boa parte das pontas com química na parte de cima e no meio da cabeça, o que também ajuda a acelerar o processo. Manter o corte ao longo dos meses também garante movimento e evita o efeito de volume nas pontas que é muito comum quando fios cacheados recebem cortes retos.  

4# No final da transição, o long bob pode ser tudo o que você precisa para se sentir linda

Sabe aquele momento em que o cabelo já cresceu consideravelmente, mas você ainda não se sente preparada para fazer o big chop de uma vez? O long bob é uma opção incrível para te ajudar a variar o visual nesse período. Por ter a parte de trás um pouco mais curta do que a frente, ele te ajuda a eliminar mais rápido as pontas lisas e a se acostumar com o volume dos cachos. Para evitar o efeito de “pirâmide invertida”, é importante que as pontas dele não sejam completamente retas.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram