Fique Diva - Veja 6 mitos sobre o cabelo crespo

14/07/2017 / Publicado por Marina Couto

Veja 6 mitos sobre o cabelo crespo

Os cabelos crespos podem ser muito diferentes entre si, por conta das texturas e do formato dos cachos

Os cabelos crespos podem ser muito diferentes entre si, por conta das texturas e do formato dos cachos

Experimente as técnicas de texturização para saber o que funciona para o seu cabelo crespo

Experimente as técnicas de texturização para saber o que funciona para o seu cabelo crespo

Se você tem cabelo crespo e deseja fazer uma franja, uma boa notícia: você pode!

Se você tem cabelo crespo e deseja fazer uma franja, uma boa notícia: você pode!

O cabelo crespo tem a mesma média de crescimento dos outros tipos de fios

O cabelo crespo tem a mesma média de crescimento dos outros tipos de fios

Se for usar chapinha no cabelo crespo, não se esqueça do protetor térmico

Se for usar chapinha no cabelo crespo, não se esqueça do protetor térmico

Dá para platinar o cabelo crespo, mas tenha cuidado ao fazer o procedimento para não ressecar ainda mais as madeixas

Dá para platinar o cabelo crespo, mas tenha cuidado ao fazer o procedimento para não ressecar ainda mais as madeixas

Os cabelos crespos precisam de cuidados especiais e muita hidratação para ficarem sempre lindos, fortes e saudáveis. No entanto, muita gente ainda tem dúvidas a respeito dos fios e é por isso que surgem vários mitos e ideias erradas sobre esse tipo de cacho. Se você é crespa ou apenas quer saber um pouco mais a respeito desse universo, o Fique Diva preparou uma lista com 6 coisas que já disseram por aí e que não são verdadeiras. Confira!

1 - Cabelo crespo é tudo igual

Basta ter cachos nos cabelos que as pessoas já enquadram todos os tipos de crespos em uma só categoria. Que nada! Os fios crespos possuem diferentes texturas e, em alguns casos, eles não formam nem cachinhos. Quem é crespa tem o cabelo classificado como tipo 4, que é mais fechado e mais ressecado do que os outros, mas daí a achar que todos eles são semelhantes existe uma grande diferença.

2 - As técnicas de texturização não funcionam em cabelos crespos

Quem disse? Elas funcionam sim, mas isso não significa que todas as técnicas são indicadas para o seu tipo de fio. O jeito é testar para ver qual é a que melhor dá certo para você. O ritual do COG, assim como a fitagem e os bigudinhos, são algumas das alternativas que podem funcionar. E, se não derem o resultado esperado, aproveite a textura dos seus fios para fazer um poderoso black power. Você pode!

3 - Não dá para fazer franja nos cabelos crespos

Esse é outro mito que você precisa tirar da sua vida. Se você é crespa e está desejando uma franja para chamar de sua, por que não? Mas é claro que, antes de sair metendo a tesoura nos fios, você precisa levar em consideração que o cabelo crespo se comporta bem diferente dos lisos, por conta do fator encolhimento. A dica é escolher um bom profissional para fazer o corte e não se esquecer de cuidar bem da sua franja para que ela não fique ressecada e com aspecto maltratado.

4 - O cabelo crespo cresce menos do que os outros tipos

Seja qual for o seu tipo de fio, ele cresce cerca de 1 a 1,5 cm por mês. A grande questão entre um cabelo liso e outro crespo é que o segundo tipo é visualmente mais difícil de acompanhar o crescimento. Isso porque o cabelo crespo pode encolher até 75% do seu tamanho original, o que causa a sensação de que ele não cresce nunca. Mas isso é mito, tá?

5 - Não pode usar chapinha nos cabelos crespos

As ferramentas de calor não estão proibidas de serem usadas nos cabelos crespos, porém, se for usá-las, é preciso redobrar a atenção. Como esse tipo de fio é mais sensível e costuma ser mais fino, ele pode quebrar com mais facilidade com a alta temperatura. Capriche no protetor térmico e lembre-se de hidratar bem os fios antes e após o uso.

6 - Cabelo crespo não pode ficar platinado

Pode sim, se essa for a sua vontade. No entanto, esse procedimento químico é muito agressivo para todos os tipos de cabelo. Para quem é crespa e pretende platinar, o melhor conselho é caprichar no cronograma capilar antes e depois da química. Para minimizar os efeitos e o possível ressecamento, aposte na queratina líquida ou no óleo vegetal ao usar o descolorante. Funciona mesmo!

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram