Fique Diva - Veja 9 situações que toda cacheada passa quando alisa o cabelo!

25/07/2016 / Publicado por Ariel Borges

Veja 9 situações que toda cacheada passa quando alisa o cabelo!

Para manter os cabelos lindos, as alisadas passam por diversas situações que quem nunca alisou os fios nem imaginam - @beaufortwendyj98h

Para manter os cabelos lindos, as alisadas passam por diversas situações que quem nunca alisou os fios nem imaginam - @beaufortwendyj98h

O dia do retoque da raiz é o mais feliz, mas também é super sofrido - @amayakuza

O dia do retoque da raiz é o mais feliz, mas também é super sofrido - @amayakuza

Na hora de proteger os fios da umidade dos dias frios, as toucas são ótimas! - @bisforbeanie

Na hora de proteger os fios da umidade dos dias frios, as toucas são ótimas! - @bisforbeanie

A chapinha e o secador sempre acompanham nas viagens - @jasmeannnn

A chapinha e o secador sempre acompanham nas viagens - @jasmeannnn

Alisando ou não, o importante é você se sentir bem - @amayakuza

Alisando ou não, o importante é você se sentir bem - @amayakuza

Os chapéus também são de grande ajuda nos dias frios - @psjoanna

Os chapéus também são de grande ajuda nos dias frios - @psjoanna

Existem algumas verdades absolutas nesse mundo e uma delas é: quem nunca alisou o cabelo certamente jamais saberá os sufocos que as adeptas das escovas alisadoras passam. Com certeza, essas meninas já inventaram métodos para manter os fios lisos por mais tempo e se privaram de uma série de atividades por causa das madeixas. Se a gente fosse contar todas as histórias, provavelmente nem sairíamos daqui hoje, mas selecionamos algumas dessas situações para você relembrar, concordar ou descobrir que existe muita coisa escondida por trás de um cabelo lisinho de chapinha. Dá só uma olhada!

1 - Praia ou piscina com frequência? Nem em sonho!

Quem alisa os fios geralmente não gosta que as pessoas vejam seus cabelos quando estão ao natural. O costume com a chapinha é tão grande, que elas mesmas não se reconhecem com a cabeleira molhada e tudo incomoda: a raiz que pode estar um pouquinho mais alta, o volume, o vento que deixa o cabelo mais armado e até a água salgada ou o cloro, que ressecam ainda mais as madeixas.

Resumindo: é normal que uma alisada prefira não ir a esses lugares ou diga para todo mundo que não gosta mesmo só para não passar por tudo isso. Algumas até vão, mas deixam aquele mergulho refrescante sempre de lado.

2 - O dia do retoque da raiz é maravilhoso e péssimo ao mesmo tempo

Calma, a gente explica. O dia é maravilhoso porque qualquer sinal de raiz enroladinha que possa estar aparecendo na cabeça das alisadas vai ser exterminado e, para elas, essa sensação é indescritível. Mas também é péssimo porque a maioria tem o cabelo muito cheio (por mais que não pareça depois da chapinha), ou seja: a hora de alisar é trabalhosa e superdemorada.

Dependendo do processo, da quantidade de cabelo e da agilidade do profissional, o retoque dura mais de 5 horas. Isso mesmo, você leu certo: mais de 5 horas sentada na cadeira do salão de beleza. Dá pra ler quase um livro inteiro, estudar para uma prova importante, ouvir uma quantidade absurda de músicas ou fazer o que a mulherada faz de melhor no cabeleireiro: papear até cansar.

3 - Machucadinhos no couro cabeludo são frequentes depois do retoque

Essa parte é uma das piores, sim ou claro? Algumas químicas são tão fortes que, além de agir nos fios, também detonam o couro cabeludo e causam feridinhas na mesma hora. O pior é que se a pessoa já tem qualquer arranhãozinho na cabeça, mesmo que tenha sido causado por uma coisa simples - como as unhas na hora em que dá aquela coceirinha -, pode ir preparada para sentir a ardência “natural” da química ser ainda maior.

4- Quando faz frio, vale tudo para proteger os cabelos

Primeiro: não existe bolsa de alisada sem guarda-chuva. É sério! Ela pode esquecer a chave de casa, mas o grande salvador está lá. E para proteger a raiz da umidade vale tudo: trança, rabo de cavalo, coque, touca, capuz do casaco ou qualquer coisa que ela tenha à mão na hora em que a chuva aperta. Ah, tá aí outra situação que merecia um tópico só para ela: não tem mais banho de chuva. Tipo, nunca mais.

5 - E quando faz calor, o sofrimento também é grande

Apenas imagine aquele calor absurdo do verão brasileiro. Agora pense na quentura da chapinha e do secador na hora de fazer chapinha. Junte os dois e você terá um cabelo recém alisado encolhendo por causa do suor que a situação causa. Nem precisa explicar mais, né?

6 - Pode faltar espaço para roupas, mas a chapinha e o secador ficam na mala de viagem

Depois de escolher o destino da viagem com bastante cuidado e tendo certeza que lá ela vai poder ficar com os cabelos lisos (ou, pelo menos, vai conseguir retocar sempre) para arrasar em todas as fotos, chega a hora de fazer a mala e o que as alisadas pegam primeiro?

1 - a bolsinha de remédios;

2 - as roupas do armário;

3 - a chapinha e o secador;

4 - a passagem de ônibus ou avião;

Fiquem com essa questão na cabeça e avaliem se serão capazes de responder.

7- Lavou o cabelo, não deu tempo de fazer chapinha e precisa sair. Como faz?

Não faz. Simples assim! Boa parte das alisadas tenta sempre evitar esse tipo de situação, mas quando elas, enfim, acontecem, não é difícil encontrar quem prefira ficar em casa. Se for um evento que realmente não pode ser adiado, sempre rola um penteado todo preso ou um atraso significativo para dar tempo de, pelo menos, “dar um jeitinho” nas madeixas com a chapinha.

8 - Coleção de marcas de queimaduras causadas pelas chapinhas é comum

Elas já se acostumaram tanto com a dor que nem se abalam mais. Tem quem tenha marca nos braços, nas pernas, nas mãos, no pescoço… As orelhas, então! Estão na zona de perigo. A chapinha é traiçoeira e não se contenta só com o couro cabeludo, não. Cuidado com ela!

9 - Apesar de tudo isso, elas se sentem maravilhosas!

E é isso que importa, não é mesmo? Usar o cabelo alisado, cacheado, natural, curto, longo ou pintado deve sempre ter como objetivo fazer a dona dos fios se sentir bem com ela mesma. Todo mundo tem o direito de escolha, por isso, se você quiser passar pela transição e assumir os cachinhos, passe. Mas, também, se quiser continuar alisando a cabeleira, continue! O que faz você ficar linda é usar a liberdade que você tem para isso. Se joga!

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram