Fique Diva - 3 jovens mães contam como lidaram com o susto de uma gravidez não planejada

09/05/2017 / Publicado por Marina Couto

3 jovens mães contam como lidaram com o susto de uma gravidez não planejada

Gabriela Stumbo, Dayanne Dias e Camilla Rua contam ao Fique Diva suas experiências na gravidez

Gabriela Stumbo, Dayanne Dias e Camilla Rua contam ao Fique Diva suas experiências na gravidez

Ser mãe é uma experiência que transforma a vida de qualquer mulher. Imagina quando isso acontece quando se é tão jovem, em um momento de tantas dúvidas e com tamanha responsabilidade? Foi que o aconteceu com Gabriela Stumbo, Dayanne Dias e Camilla Rua, três jovens mães que souberam lidar com uma gravidez não planejada e construir uma relação de muito amor e aprendizado com seus filhos. Conheça um pouco da história de cada uma delas!

Para Gabriela Stumbo, o apoio e o ensinamento dos seus pais foram o grande diferencial para que ela encontrasse o seu lugar de mãe

Quando descobriu que estava grávida, Gabriela Stumbo tinha 16 anos. Mas, acredite, ela só contou para a família quando já estava com sete meses de gestação! “A minha barriga não dava sinais, estava só um pouco cheinha”. Apesar da supresa, teve o apoio incondicional dos seus pais, o que a ajudou e muito a fortalecer a relação entre eles: “Concentramos nossos esforços nas coisas práticas, na minha saúde e do bebê. Passei a obedecer com tranquilidade os direcionamentos dos meus pais e me reaproximar da minha família, o que foi muito positivo pra mim”.

Para ela, foram esses ensinamentos que a ajudaram com o seu papel de mãe: “Um grande medo meu era virar ‘irmã’ da minha filha, mas, com todo o auxílio que recebi, encontrei o meu papel. Minha mãe, por exemplo, me ensinou todos os cuidados com bebê, mas sempre me incentivando a realizar as tarefas, com muito amor, e me auxiliou a ocupar o meu lugar na vida da minha filha”.

A experiência de ser uma mãe tão jovem não foi nada fácil, mas Gabriela não se arrepende de nada do que passou: “Cuidar dela exigiu de mim uma mudança brusca de rotina, aprender a fazer comida, a cuidar quando está doente...é um intensivão de responsabilidade. É puxado, mas é bom. Crescer é bom! Hoje a Luana tem 11 anos e agora estou podendo ver a vantagem de termos pouca diferença de idade. Minha linguagem não é tão distante da dela e a gente vem construindo um amor muito legal”.

 

Gabriela Stumbo só contou para a família que estava grávida aos sete meses de gestação

'Hoje a Luana tem 11 anos e agora estou podendo ver a vantagem de termos pouca diferença de idade. Minha linguagem não é tão distante da dela e a gente vem construindo um amor muito legal', conta Gabriela

O apoio dos pais foi fundamental para que Gabriela aprendesse a cuidar da sua filha

O nascimento da Luana mudou demais a rotina da Gabriela

Dayanne Dias aprendeu a ser uma pessoa mais responsável e independente com a chegada do filho

Por ser filha única, Dayanne Dias estava acostumada a ter sempre tudo na mão. Só que as coisas precisaram mudar quando ela engravidou, aos 17 anos. “Eu achava que não estava grávida, já que eu não sentia nada, mas minha mãe insistia em dizer que sim. Quando descobri que era verdade, tive todo o apoio da minha família e também do pai da criança”.

Por conta desse suporte familiar, Dayanne não precisou abrir mão da sua rotina na gravidez, mas sentiu toda a diferença quando o Davi nasceu: “Não passei dificuldade nenhuma durante a gravidez, continuei estudando e não trabalhava ainda, na época. Depois que o Davi nasceu, o início foi muito difícil e cansativo, mas aprendi muito com ele. Ele tem 8 anos e nossa relação é maravilhosa, somos muito amigos. E ele me surpreende a cada dia!”

 

Dayanne Dias é filha única e aprendeu a ter mais responsabilidades com a chegada do filho

Dayanne contou o apoio da família para aprender a lidar com essa nova fase

Apesar de ter sido difícil e muito cansativo no início, Dayanne construiu uma relação de amizade e muito amor com o filho Davi

'Ele tem 8 anos e nossa relação é maravilhosa, somos muito amigos. E ele me surpreende a cada dia!', conta Dayanne

Ter uma filha aos 20 anos mudou completamente a rotina e a vida de Camilla Rua

Para dar conta das responsabilidades de criar e sustentar a filha, Camilla Rua teve que se desdobrar para administrar a rotina: “Não tive nenhuma complicação durante a gravidez. No entanto, foi bastante cansativo ter que conciliar as aulas na faculdade, o estágio, mudanças na vida pessoal. Na época, eu me casei e tive que montar casa, ver mudança, fazer pré-natal e tudo mais. Foi bem desgastante nesse sentido, de não poder relaxar e curtir a gravidez com tranquilidade”.

A questão financeira também foi uma preocupação na vida da Camilla, mas, assim como as outras meninas, ela também contou com o apoio da família para superar as dificuldades. “Eu chorei e demorei um pouco para contar para minha família, por medo mesmo da reação da minha mãe. Na época, eu estava na faculdade e não tinha estabilidade financeira para criar uma criança. Mas meus pais e os pais do meu namorado na época receberam a notícia e me acolheram muito bem. A Maria Clara virou o xodó dos avós e dos tios!”

E a chegada da menina transformou de vez a vida da Camilla: “Foi algo totalmente novo para mim, mas o instinto materno surgiu logo de cara. Como toda mãe, tive momentos de choro, desespero, dores para amamentar, noites sem dormir, olheiras, culpa por ter que voltar a trabalhar etc. Mas foi algo transformador, que me fez amadurecer muito e buscar sempre o meu melhor para ser uma referência para minha filha. Sem ela, eu não sei como seria a Camilla de hoje”.

 

Camilla Rua precisou ajustar completamente a rotina para dar conta de todas as suas responsabilidades durante a gravidez

A questão financeira é uma de suas principais preocupações na época da gravidez, já que ela não trabalhava e não tinha estabilidade financeira

'Foi algo transformador, que me fez amadurecer muito e buscar sempre o meu melhor para ser uma referência para minha filha', revela Camilla

O nascimento da Maria Clara transformou a vida da Camilla e sua forma de encarar os problemas

Ver mais:

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram