Fique Diva - Cabelo crespo pode ter caspa? Descubra!

19/01/2018 / Publicado por Vitória Quirino

Cabelo crespo pode ter caspa? Descubra!

Mesmo sendo mais secos, os cabelos crespos não estão imunes à caspa

Mesmo sendo mais secos, os cabelos crespos não estão imunes à caspa

A caspa, na maioria dos casos, está diretamente ligada ao excesso de oleosidade no couro cabeludo

A caspa, na maioria dos casos, está diretamente ligada ao excesso de oleosidade no couro cabeludo

A grande quantidade de produtos na raiz é o principal motivo para as caspas no cabelo crespo

A grande quantidade de produtos na raiz é o principal motivo para as caspas no cabelo crespo

O estresse do dia a dia pode ser um dos responsáveis pelo surgimento da caspa

O estresse do dia a dia pode ser um dos responsáveis pelo surgimento da caspa

Controlar o ressecamento dos fios é uma opção para conter o surgimento da caspa nos cabelos crespos

Controlar o ressecamento dos fios é uma opção para conter o surgimento da caspa nos cabelos crespos

Para acabar com a caspa seca é necessário usar shampoos anticaspa ou que sejam mais limpantes

Para acabar com a caspa seca é necessário usar shampoos anticaspa ou que sejam mais limpantes

Uma das principais características dos cabelos crespos são os fios secos, mas isso não impede que as donas de madeixas do tipo 4 e 5 sejam imunes aos efeitos da caspa. As descamações ou pontinhos brancos podem aparecer por diversos motivos e, geralmente, estão diretamente ligados à oleosidade no couro cabeludo. Além de fatores genéticos, o clima e algumas atitudes na rotina de cuidados com os crespos podem estimular a produção da caspa. Vem acompanhar algumas dicas de como tratar o problema sem retirar a hidratação dos fios!

Entenda os motivos para o surgimento da caspa

O aparecimento da caspa pode ser uma resposta da raiz para o ressecamento no fio. Quando o cabelo precisa de reposição de água ou óleo, o próprio organismo trabalha para resolver as necessidades das madeixas. Se você não tem pré-disposição genética para a caspa, o excesso de óleo na raiz pode ser o seu problema.

Alguns fatores elevam a possibilidade do surgimento de caspa, como o estresse, má alimentação, procedimentos químicos e lavagem do cabelo com água quente. Controlar esses hábitos é o primeiro passo para acabar com problemas no couro cabeludo. Uma boa opção para tentar diminuir a caspa é tratar o ressecamento dos fios com um cronograma capilar que foque nas etapas de hidratação e nutrição.

Saiba a diferença da caspa seca para a caspa oleosa

Existem dois tipos diferentes de caspa e saber identificá-las vai te ajudar nos meios de tratamento. A caspa seca é como uma descamação do couro cabeludo e tem uma aparência fina, quase como um pózinho. Ela geralmente aparece quando as células da raiz estão se regenerando e nada mais é do que a pele desprezada no processo. Seu efeito é temporário e para combatê-la, aposte em shampoos anticaspa. Você também pode optar pela técnica de esfoliação do couro cabeludo com argila verde. Em casos extremos, procure ajuda de um dermatologista.

Já a caspa oleosa, como o nome sugere, é a causada pela oleosidade e pode ser bem comum nos fios crespos pelo excesso de produtos, que impedem a distribuição do óleo produzido na raiz pelo comprimento do cabelo. Por esse motivo é essencial ter bastante atenção para não deixar os produtos encostarem no couro cabeludo durante a finalização e também no uso de condicionadores e máscaras de tratamento.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram