Fique Diva - Como saber se meu cabelo é saudável? Aprenda a identificar as necessidades do seu fio

26/02/2019 / Publicado por Vitória Quirino

Como saber se meu cabelo é saudável? Aprenda a identificar as necessidades do seu fio

Ficar atenta aos sinais do seu cabelo é o primeiro passo para identificar os danos e saber se ele está saudável ou não

Ficar atenta aos sinais do seu cabelo é o primeiro passo para identificar os danos e saber se ele está saudável ou não

Respeitar os limites e as necessidades de cada tipo de fio é essencial para montar um cronograma capilar eficaz

Respeitar os limites e as necessidades de cada tipo de fio é essencial para montar um cronograma capilar eficaz

Os cabelos lisos e ondulados não costumam ter problemas com a distribuição de óleos nas madeixas, então diminua a frequencia da etapa de nutrição e concentre esse tratamento sempre no comprimento e nas pontas

Os cabelos lisos e ondulados não costumam ter problemas com a distribuição de óleos nas madeixas, então diminua a frequencia da etapa de nutrição e concentre esse tratamento sempre no comprimento e nas pontas

Já os cabelos crespos precisam muito da reposição de lipídios e os cuidados envolvendo óleos vegetais e umectação capilar vão ser sempre bem-vindos!

Já os cabelos crespos precisam muito da reposição de lipídios e os cuidados envolvendo óleos vegetais e umectação capilar vão ser sempre bem-vindos!

Os cabelos que passam por procedimentos químicos precisam de um foco maior na etapa de reconstrução do cronograma capilar

Os cabelos que passam por procedimentos químicos precisam de um foco maior na etapa de reconstrução do cronograma capilar

A queratina líquida também é um bom tratamento para quem utiliza ferramentas de calor, como o secador e a chapinha, no dia a dia

A queratina líquida também é um bom tratamento para quem utiliza ferramentas de calor, como o secador e a chapinha, no dia a dia

Com a popularização do cronograma capilar e dos cuidados com todos os tipos de fio, surgem as dúvidas de como e quando aplicar cada tratamento. Apesar de as tabelas, que dividem o momento certo para hidratação, nutrição e reconstrução, ajudarem bastante a entender como montar um bom cronograma para fios danificados, os cuidados com cabelos saudáveis são diferentes. Seguir modelos prontos de cronogramas, sem se questionar se as suas madeixas realmente precisam desses nutrientes, pode trazer o efeito contrário, como é o caso da sobrecarga de substâncias no fio. E para te ajudar a evitar esse tipo de problema, o Fique Diva separou algumas dicas de como saber se um cabelo está saudável. Vem conferir!

Algumas características podem ser visivelmente identificadas como danos capilares

O primeiro passo para identificar se o seu cabelo está saudável ou não é fazer uma análise superficial das madeixas. Procure por sinais simples como opacidade, pontas duplas, ressecamento, alta porosidade ou falta de elasticidade. Com apenas o toque e a visão, é possível perceber a maioria desses sinais. Eles são como um recado que seus fios te dão diariamente. Então, se você encontrar algum dano capilar, siga essas dicas para acabar com eles:

- Fios constantemente embaraçados, sem brilho e definição estão gritando por uma reposição de água, então abuse da hidratação.
- Se o seu problema for o frizz, opacidade, a alta porosidade ou o volume em excesso, reposição de lipídios já! Se joga na nutrição, diva!
- Quando os cabelos estiverem sem vida, com falta de elasticidade e propensos à quebra, a dica é partir para reposição de massa. Opte pela reconstrução!

Respeite as necessidades do seu tipo de cabelo

O maior erro em apostar nos cronogramas capilares prontos é ignorar as necessidades do seu tipo de fio. Antes de montar uma rotina para suas madeixas, é preciso priorizar as características do seu cabelo e os procedimentos que você utiliza nos fios no dia a dia. Cabelos lisos e ondulados não costumam ter tantos problemas com a falta de óleos nas madeixas, então a etapa de nutrição não precisa ser tão frequente nesse caso.

A dica é deixar a nutrição para apenas uma ou duas vezes por semana e substituir o tratamento pela hidratação nos outros dias. Já as crespas e cacheadas podem aumentar os cuidados com a nutrição para evitar cachos ressecados. E quem utiliza procedimentos químicos, como a progressiva, relaxamento ou coloração, deve focar mais na reconstrução para reposição de massa capilar e queratina.

Mais Matérias:

Mais Matérias

Espaço Diva

Fique ainda mais diva usando a hashtag #fiquedivacomniely no Instagram